PRIMEIRA PÁGINA | FOTOGRAFIA | SÉRIES | TWITTER | FACEBOOK
Destaque Quitandas e a volta aos tempos românticos Thiago Schwartz


Blog •

quinta-feira, março 25, 2010

Qual novela você prefere?

*Fabrício Espíndola | www.twitter.com/xompi

Ao ver esse título, muitos intelectuais já nem lerão o que estará escrito abaixo, afinal, diriam estes: “o que eu quero saber de novela? Não assisto, não gosto, tenho vergonha de dizer o nome de um personagem, ou alguma trama que esteja em exibição hoje, então não lerei isso.”

Mas quem ler tudo, até o fim, entenderá que quero dizer. Vamos à contextualização:

Qual assunto está mais em evidência hoje na editoria (isso pra usar termo jornalístico) de polícia? Caso Isabella Nardoni, não? Por quê?

Como em uma novela, o caso da menina assassinada no início de 2008, brutalmente, pelo pai e pela madrasta está constantemente na TV. Tem um vilão, ou melhor, dois. Tem a mocinha, Ana Carolina, mãe da menina, e tem, claro, a personagem que todo mundo se apaixonou após morta, ao ver relatos de como era dócil, meiga e feliz com sua mãe.

Repórteres e telejornais fizeram o que faria um Manoel Carlos da vida (com a diferença que teria uma Helena junto), elegeram logo os vilões, sem a imparcialidade que pedia a faculdade. Também, em um caso destes, com tantas evidências, tem como ser imparcial?

Assim, o público começou a assistir o Jornal Nacional, com a mesma intensidade que assiste ao programa que vem antes, ou o a seguir, ou o das 14h, ou então o das 18h. Hoje, o julgamento faz o caso voltar à tona, após um esquecimento, claro, nenhuma novela dura para sempre, mas sempre tem seu Vale a Pena Ver de Novo. E todos estão atraídos, até intelectuais que, dessa novela, não têm vergonha ao admitir que assistem.

E na editoria de política? Opa, caso Arruda. Aliás, o ex-governador do Distrito Federal, ex-DEM, ainda DEMO, deve estar agradecido à família Nardoni, que tirou o foco de sua cassação e sua prisão. Pois é, mais um vilão, alguns heróis, daqueles de filme americano que faz justiça num país que quase não tem isso e lá se vão comentários do tipo “quem matou Odete Roitman?” ao questionarem quando ele ganharia soltura? Ainda não ganhou, mas a novela virou uma daqueles com robô falante, em segundo plano, sem muita atenção dos telespectadores, afinal, tem os Nardonis nas oito.

No esporte também tem novela, mas essa um pouco mais masculina, discutida esporadicamente, talvez como um filme da Sessão da Tarde que é visto uma vez por mês, não assim como aqueeela novela. Mas o fim, só em maio, no dia da convocação pra Copa. Claro, estou falando do Ronaldinho Gaúcho e sua novela em que faz um casal que vive de amor e brigas com seu par romântico, o teimoso Dunga.

Poderia ficar aqui citando várias outras novelas, como os terremotos, tsunamis, enfim, tudo que tem certa sequência, que gera dúvida e causa indignação de falsos moralistas. A propósito, autores de novelas devem estar em pânico, afinal, jornalistas hoje são muito bem treinados para fazer de notícias grandes novelas da humanidade, “dignas” do prêmio “Melhores do Ano”, no Domingão do Faustão.

É assim que estamos sendo tratados hoje, como telespectadores de novela. Se não for novela, não tem a mínima graça, se não tiver sequência, deixe a notícia de lado que não atraiu e não traz audiências. E você, de que novela gosta? A das 18h, a das 19h, a das 21h? Ou prefere as dos intervalos, nos programas de Jornalismo? Quem sabe você desliga sua TV nos momentos destas novelas, porque quer se informar a sua maneira, sem ter que torcer por personagem A, ou B e deixa pra religá-la na hora do BBB. Melhor não, né? Está difícil fugir desse controle midiático de hoje, então, vamos lá, ser atores da vida real, comandados por autores das mais variadas áreas, mas que fazem, de todos nós, noveleiros dos mais fanáticos!

6 comentários:

Anônimo disse...

Cara, quando li novela ja fiquei meio distante do texto, mas ai eu li o comeco e realmente, me cativou e somos feitos de bonecos pela midia e pela televisao apenas para nos manter preso a elas. Ótimo texto.

Anônimo disse...

Por isso que quando ligo a televisao é pra ver jornais passionais e o unico pao de circo que me dou ao luxo, o SPFC jogando :)

Jééh disse...

ultimamente só estou ligando a tv pra ver animes e futebol :)

Thiago Preco Schwartz disse...

É.. Mesmo os jornais medalhões hoje já estão com cara de novela, com direito a tomar partido em certas notícias.. Nem dá mais pra fazer aquele esquema "Desliga tv às 14h, liga às 20:15, desliga às 21h" =/

Obs.: Tava torcendo pro Dourado. \o/

Fernanda disse...

Por essas e outras que prefiro manter distância da Tv...
Mesmo que isso pareça discursinho de pseudorevolucionáriainconformada!
Não assisto porque não me atrai...

Quanto ao texto, achei muito bom!
Me faz pensar em questões que ultimamente estão no meu cotidiano...

Indústrias culturais... Mídia...
Como sair dessa teia?
Será que tem como sair?

É, não sei!

Não se tem mais para onde fugir...

E por ai vai minha linha de pensamento!
Bom texto mesmo...

=*

Anônimo disse...

oi eu quero que comece a novela cobras e largatos

Postar um comentário

 

CONTATO
Colaboradores Ana Carla Teixeira, Anderson Paes, Camila Rufine, Carlos Karan, Deyse Zarichta, Eduardo Daniel, Emanuela Silva, Emanuelle Querino,
Emmanuel Carvalho, Fabiano Bordignon, Fabrício Espíndola, Francine de Mattos, Gabriel Guedes, Germaá Oliveira, Guilherme Marcon, Isabel Cunha, Kellen Baesso, Manuela Prá, Patrícia Martins, Thiago Antunes, Thiago Schwartz, Tiago Tavares, Valter Ziantoni,Van Luchiari, Vanessa Feltrin, Vitor S. Castelo Branco, Viviany Pfleger

©2010 GeloEmMarte.com Todos os direitos reservados. As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seus respectivos autores.