PRIMEIRA PÁGINA | FOTOGRAFIA | SÉRIES | TWITTER | FACEBOOK
Destaque Quitandas e a volta aos tempos românticos Thiago Schwartz


Blog •

quarta-feira, novembro 25, 2009

Não devemos odiar o São Paulo, devemos seguir o seu exemplo

*Eduardo Daniel | www.twitter.com/eduardosdaniel

Quem, nesta reta final de Campeonato Brasileiro, que não seja são-paulino, e está torcendo para o São Paulo? Aposto minhas cuecas que são poucos, quiçá, não tenha ninguém.

Certamente apenas os vascaínos, botafoguenses e tricolores estão secando o Flamengo nesta batalha palmo a palmo contra o São Paulo.

É o São Paulo, com toda a sua estrutura européia, contra o Flamengo tipicamente brasileiro, carioca suburbano, com tudo o que há de bom e de ruim no Brasil ao mesmo tempo.

Dói ver a grama do vizinho mais verde do que a nossa. Da mesma forma, dói ver o São Paulo imbatível nos pontos corridos. Aí dissemos que esta forma de disputa está perdendo a graça, quando na realidade estamos apenas destilando inveja ao time do Morumbi. Se em todo o ano tivéssemos um campeão diferente, a conversa seria outra.

Esta má vontade que temos em relação ao São Paulo, talvez confirme a nossa síndrome de vira-latas. Enquanto os são-paulinos têm um grande estádio, planejamento, contas em dia, um centro médico de referência internacional, o Flamengo joga em um estádio do governo, pouco olha para sua casa e vem de um patrocínio envolto em mistério, que perdurou por décadas, com uma estatal.

Querer o Flamengo campeão é seguir a onda vintage. Torcer pelo Flamengo em detrimento do São Paulo, é olhar para trás. É patinar no tempo em que o nosso futebol era gerido com o coronelismo apaixonado dos cartolas.

Por outro lado, se um torcedor de outro clube admitir simpatia pelo São Paulo, vai ser achincalhado em praça pública. De visionário vai passar por segregador social e elitista.

Não sou nem flamenguista, nem são-paulino, mas, se uma mea culpa ainda cabe neste texto, admito a tendência retrô e a torcida pelo Flamengo, que mais do que nunca tem hoje quase o tamanho do Brasil.

3 comentários:

Thiago Preco Schwartz disse...

Esse texto corre o risco de ser a maior "barriga" do Gelo em Marte. =x

Eduardo Daniel disse...

Será que ainda dá para retirar do ar? (risos)

Cleber disse...

É uma questão pontual. Capaz do São Paulo ser campeão ainda, ou o Palmeiras, ou o Inter. Ou não, pode ser o Flamengo. Mas só acaba no fim.

Postar um comentário

 

CONTATO
Colaboradores Ana Carla Teixeira, Anderson Paes, Camila Rufine, Carlos Karan, Deyse Zarichta, Eduardo Daniel, Emanuela Silva, Emanuelle Querino,
Emmanuel Carvalho, Fabiano Bordignon, Fabrício Espíndola, Francine de Mattos, Gabriel Guedes, Germaá Oliveira, Guilherme Marcon, Isabel Cunha, Kellen Baesso, Manuela Prá, Patrícia Martins, Thiago Antunes, Thiago Schwartz, Tiago Tavares, Valter Ziantoni,Van Luchiari, Vanessa Feltrin, Vitor S. Castelo Branco, Viviany Pfleger

©2010 GeloEmMarte.com Todos os direitos reservados. As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seus respectivos autores.